BSS Tour em Jaraguá do Sul

Montar uma tour de bmx em território nacional, cobrindo todo o país de norte a sul é realmente uma tarefa que exige muita dedicação e após dois anos de sucesso, o calendário para  2017 foi ampliado e conseguimos chegar perto para acompanhar a etapa de Jaraguá do Sul. Pra quem não conhece ainda, a ideia é simples, uma mini ramp com spine, colocada dentro de uma rede de shoppings com os melhores pilotos nacionais e latino americanos disputando o lugar mais alto do pódio e uma bela premiação em dinheiro, afinal, são todos(quase) profissionais do BMX ali.

Irmãos Ribeiro – Cabeças pensantes em prol do BMX brasileiro. 

Para um campeonato desse nível é notável que a organização deve ser sempre 1000% e o grupo Dream BMX faz isso acontecer, de verdade. Todo o suporte dado para atletas, mídia, espectadores e qualquer um que precisasse de uma “mãozinha”. Tudo funcionando na maior precisão, cada um desempenhando sua função no mais alto nível e os atletas puxando ele ainda mais.

Com uma seletiva que aconteceu na sexta feira, alguns atletas da região conseguiram garantir sua vaga para as classificatórias que aconteceriam no sábado, de onde sairiam apenas 10 pilotos para a super final da tarde de domingo. Destaque para os catarinenses Jonathan Moura de Itajaí que adentrou a categoria profissional e o local de Jaraguá do Sul, Murilo “Bizarrinho’’ que garantiram vaga para as classificatórias de sábado.

Caio “Rabisco” – Aproveitamento 100% de cada pedaço do mini.

Com 4 baterias e um total de 38 atletas, o sábado foi muito disputado para decidir quem seriam os 10 finalistas, onde muitos favoritos acabaram ficando de fora. O que foi definitivo para os juízes foi, fluidez, variação de manobras, não errar e fazer uma volta completa, utilizando todos os obstáculos: quarters, spine, subbox e bordas. Após quase 2hrs de muita ação na pista e animação pelo narrador Paulo Charaba, os 10 melhores foram definidos.

 

A segunda colocação ficou com o argentino Francisco Vader

No domingo, a final começou no meio da tarde e mostrou que o bmx brasileiro está se encaminhando para um nível muito alto, difícil de acompanhar todas as voltas e entender tudo que estava acontecendo ali. Com atletas como Gabriel DuRace, tendo manobras com muita expressão e amplitude subindo o dobro que os outros competidores à linhas extremamente técnicas de Danilo Ferrugem e Caio Rabisco, esse que ficou com a primeira colocação. Os visitantes também fizeram bonito com Franscisco Torres, o Vader, que mostrou muita técnica e competência na hora das voltas garantindo o segundo lugar. Já na terceira colocação seguindo uma ótima fase e mostrando que não tem porque tirar o sorriso do rosto, Cauan Madona, que desfrutou da pista como se fosse o quintal de sua casa e passou “trickando” toda a volta. Ainda aqui? Claro, tem também o best trick, que ficou com Jarom, brasileiro que agora mora no Chile, com um 540 tailwhip redondo.

Cauan Madona andou bonito e garantiu a terceira colocação

Um evento como esse realmente marca a memória e cada um presente ali, era nítida a emoção dos envolvidos ao ver o BMX acontecendo, com isso, apenas um desejo: vida longa BSS!  

 

This is a demo store for testing purposes — no orders shall be fulfilled. Dismiss